[Mês Especial William Shakespeare] Animes Inspirados nos Livros de William Shakespeare – Destaque para Romeo x Juliet

Oi pessoal, tudo bom?

Hoje vou falar de um anime em especial que é inspirado no livro mais famoso de William Shakespeare, o livro “Romeu e Julieta”, que teve a adaptação para mangá e anime intitulado como “Romeo x Juliet”. Vamos conhecer um pouco do anime e depois falarei um pouco dele.

Romeo x Juliet

Sinopse: Romeo x Juliet é uma série de mangá que foi inspirada na peça Romeu e Julieta, de William Shakespeare. Mais tarde foi adaptada para um anime de 24 episódios.
Romeo x Juliet é um anime baseado na história criada por Shakespeare. É a história de um amor jovem entre duas Famílias Rivais: Os Capuletos e os Montecchios. Neo Verona é a cidade onde a história acontece, ela é governada pelo tirano Montecchio, onde 14 anos atrás, matou a Família Capuleto em busca de Poder, mas em meio desses homicídios sobreviveu a descendente dos Capuletos: Julieta Fiammata Asto Capuleto.Para não levantar suspeitas ela se veste de menino e responde pelo nome de Odin, mas pela desigualdade social em Neo Verona, Julieta luta pela justiça como Redemoinho Vermelho. 
Em meio de uma dessas lutas ela conhece o jovem nobre Romeu. Em um baile ela vai vestida como Julieta e por acidente se encontra com Romeu novamente, esse fica encantado com sua beleza, causando um amor a primeira vista entre os dois. Quando Julieta completa 16 anos ela descobre a verdade sobre o seu passado, sobre os Capuletos e Montecchios, um tempo depois ela descobre que Romeu Candorebanto Montecchio é filho do Montecchio que matou seus pais.“Esse amor realmente é impossível? (Fonte: Wikipédia)
O Anime
Ele tem algumas referencias ao livro “Romeu e Julieta” e tem alguns personagens que tem o nome de personagens de outros livros do autor. A Julieta e os que a protegem, que faziam parte da guarda ou dos criados moram escondidos na casa de Willy, sim, o famoso Willy que escreve peças de teatro e que está atrás de escrever uma grande peça – o Willy, é o William Shakespeare – e como é uma adaptação tem algumas alterações, mas o gran finale é trágico e me fez chorar horrores (buáaaaa). Assistam, vale muito a pena ver esse anime. Eu não li o mangá, mas parece ser maravilhoso.
Segundo uma pesquisa que fiz na internet, segue abaixo outros animes que fazem referencia a outras obras do autor:
Kyoukai Senjou no Horizon II
Psycho-Pass
Zetsuen no Tempest

Então é isso, tomará que tenham gostado e se puderem e gostarem de anime, vejam o Romeo x Juliet, pois vale a pena. Se você já assistiu, conta aí o que achou do anime

Até a próxima

Bjus

Postado por: Thatyane Alvarenga.


Resenha do Livro: O Céu é Logo Ali de Lilian Farias

Oi pessoal, tudo bom?

Hoje trago para vocês a resenha do fofíssimos livro da Lilian Farias, o livro “O Céu é Logo Ali”, que traz mensagens bem reflexivas e inspiradoras, mas antes de resenhar, vamos a sinopse do livro.

Livro: O Céu é Logo Ali

Sinopse: "O céu é logo ali representa a liberdade que são as borboletas e nos pássaros. Dolores e Clarice são mulheres que buscam tal liberdade. Dolores é uma mulher de muitas experiências; de vida simples e sem amigos. O único amigo que possui é esquizofrênico e a trata com muito carinho. Clarice é cheia de mimos e sempre teve de tudo, mas o que as liga são suas tribulações de sentimentos e busca por liberdade. Dolores fica encantada com o mais simples dos gestos, um pingo de chuva sobre a pele faz dela a pessoa mais feliz e livre do mundo. Já Clarice tem a vida dos sonhos, porém o destino pode destruí-lo com rapidez. O livro da Lilian é profundo e tocante. Ele nos mostra que devemos aproveitar o momento porque tudo pode acabar em um piscar de olhos." (Fernanda Bezerra) 

"Ao adentrarmos nos mundos distintos dessas duas jovens, mergulhamos numa profusa miscigenação de anseios, lutas, estratégias de sobrevivência. A história de duas mulheres que, unidas pelo destino, resolvem aflorar todo fluxo de sobrevivência do "ser", do corpo, da alma, da mente, que advém quando se é permitido ser livre. Liberdade, essa, assemelhada a quem saboreia o voo das borboletas." (Valéria Sabrina) (Fonte: Skoob)

Resenhando o livro...

No livro somos apresentados a duas jovens, A Dolores, uma jovem mulher de 30 anos que vive sua vida de forma normal e simplista, já a Clarice tem uma vida perfeita, é linda, popular, adorada pela família e amigos e tem um namorado, na verdade noivo perfeito. Só que ao longo do livro vemos como cada uma encara a vida e como a vida delas está hoje e nos surpreendemos.

Dolores é uma jovem sem família, sem namorado ou amigos, e tem sua vida resumida ao trabalho um bar/restaurante e sua casa e suas novelas. Não viveu nenhum grande amor, mas sonha em um dia poder viver uma vida dos seus sonhos e poder alcançar vôo livre como uma borboleta.

Clarice é uma jovem perfeita e popular e tem tudo o que quer quando quer. Só que não mais. Ela agora está presa em uma cama, depois de um grave acidente de carro que matou seu noivo. Ela está tetraplégica. Seus sonhos se foram e ela já não vê sentido na vida.

Durante o livro, os personagens conversam com a gente, nos fazendo refletir sobre varias questões sobre nossa vida. O livro traz várias passagens filosóficas que nos faz pensar em como vivem as jovens e como vivemos as nossas próprias vidas. É um livro bem reflexivo e com um certo moral da historia.

No final do livro, somos contemplados com o cruzamento das historias das personagens e somos surpreendidos com o final que elas têm e como isso pode afetar a nossa vida. É um livro magnífico.

O que achei do livro...

O livro é muito bem escrito e é bem reflexivo, trazendo passagens filosóficas e pensamentos tocantes. A Lilian tem uma sensibilidade com as palavras que é incrível e sua forma de escrever comove quem está lendo, nos fazendo entrar dentro da historia e sentir o que as personagens sentem e os dilemas que elas passam.

Por as personagens serem mulheres, eu fiquei mais comovida com as historias, pois me senti um pouco no lugar delas, principalmente na pele da Dolores, que é a personagem que eu mais me identifiquei.

Só digo que o livro é lindo, fofo, cativante e comovente. A capa é linda, a diagramação é magnífica. Amei tudo no livro e adorei a sua leitura e super recomendo ele a todos, principalmente as mulheres, pois ele traz um sentido todo especial para nós mulheres. Ele nos toca e mexe com paradigmas e significações que nós damos a vida. Ele mexe com tudo dentro de nós.

É um livro que deve ser lido por todos.

Bem, por hoje é isso. Tomará que tenham gostado da resenha.

E aí, vocês já leram? O que acharam do livro? Conta aí nos comentários.

Até a próxima

Bjus


Postado por: Thatyane Alvarenga.

[Mês Especial William Shakespeare] Filmes Baseados nos seus Livros (PARTE 2 )

Oi pessoal, tudo bom?

Hoje eu trago a continuação da lista de filmes baseados em livros do William Shakespeare, e como essa lista é meio grande vou dividi-la em partes.

Foram produzidas mais de 420 versões de filmes de longa metragem das peças de William Shakespeare, fazendo dele o autor mais filmado em todos os tempos

Muitas destas adaptações, especialmente filmes de Hollywood dirigidos a audiências adolescentes, usam as tramas mais do que os diálogos, enquanto outras são simplesmente versões completas de suas peças.

A seguir, uma lista dos filmes mais conhecidos realizados a partir da obra de Shakespeare:

Letra N
·         Noite de Reis, 1997, de Trevor Nunn, baseado na comédia Noite de Reis ou O que quiserem

Letra O
·         Othello, 1952, de Orson Welles, baseado na tragédia Otelo, o Mouro de Veneza
·         Othello, 1995, de Oliver Parker, com Laurence Fishburne












Letra P
·         Planeta Proibido, 1956, de Fred M. Wilcox, com Walter PidgeonAnne Francis e Leslie Nielsen, baseado na comédiaA Tempestade

Letra R
·         Ran (br) / Os Senhores da Guerra (pt), 1985, de Akira Kurosawa, baseado na tragédia Rei Lear
·         Romeu e Julieta, 1936, filme de George Cukor, com Norma ShearerLeslie Howard, e John Barrymore, baseado na tragédia Romeu e Julieta
·         Romeu e Julieta, 1954, de Renato Castellani, com Laurence Harvey
·         Romanoff e Julieta, 1961, de Peter Ustinov, com Sandra Dee e John Gavin
·         Romeu e Julieta, 1968, de Franco Zeffirelli, com Olivia Hussey e Leonard Whiting
·         Romeo + Juliet, 1996, de Baz Luhrmann, com Leonardo di Caprio e Claire Danes
·         Rosencrantz e Guilderstern Estão Mortos, 1990, de Tom Stoppard, com Gary OldmanTim Roth e Richard Dreyfuss, baseado na tragédia Hamlet
·         O Rei Leão, 1994, animado da Walt Disney Pictures, com Matthew Broderick e Jeremy Irons, baseado na tragédiaHamlet
·         O Rei Leão 2: O Reino de Simba, 1998, animado da Walt Disney Pictures, baseado na tragédia Romeu e Julieta





Letra S
·         Shakespeare Apaixonado,1998, de Jonh Madden, com Gwyneth Paltrow e Joseph Fiennes.
 












Letra T
·         A Tempestade, 1979, de Derek Jarman, baseado na comédia A Tempestade
·         A Tempestade, 1982, de Paul Mazursky, com Gena RowlandsJohn Cassavetes e Susan Sarandon
·         Terras Perdidas (br) / Amigas e Rivais (pt), 1997, de Jocelyn Moorhouse, com Michelle PfeifferJessica Lange eColin Firth, baseado na tragédia Rei Lear
·         Trono Manchado de Sangue, 1957, de Akira Kurosawa, baseado na tragédia Macbeth.

Letra U
·         A Última Tempestade (br), 1991, de Peter Greenaway, com John Gielgud, baseado na comédia A Tempestade
(Fonte:Wikipédia)

E aqui termina a lista de filmes baseados nos livros de William Shakespeare.

E aí, já assistiram algum deles? Qual? Conta aí nos comentários

Até mais

Bjus

Postado por: Thatyane Alvarenga.


[Mês Especial William Shakespeare] Filmes Baseados nos seus Livros (PARTE 1)

Oi pessoal, tudo bom?

Hoje eu trago uma lista de filmes baseados em livros do William Shakespeare, e como essa lista é meio grande vou dividi-la em partes.

Foram produzidas mais de 420 versões de filmes de longa metragem das peças de William Shakespeare, fazendo dele o autor mais filmado em todos os tempos.

Muitas destas adaptações, especialmente filmes de Hollywood dirigidos a audiências adolescentes, usam as tramas mais do que os diálogos, enquanto outras são simplesmente versões completas de suas peças.

A seguir, uma lista dos filmes mais conhecidos realizados a partir da obra de Shakespeare:

Letra A
·         À Sombra das Pirâmides (br), 1972, de e com Charlton Heston, baseado na tragédia Antônio e Cleópatra
·         Amor Sublime Amor (br) / Amor sem Barreira (pt), 1961, filme de Robert Wise, com Natalie Wood e Richard Beymer, baseado na tragédia Romeu e Julieta.
·         As You Like It , 2006, de Kenneth Branagh, baseado na comédia Como Gostais









Letra C
·         Um Candango na Belacap, 1961, chanchada brasileira de Roberto Farias que parodia Romeu e Julieta.
·         O Casamento de Romeu e Julieta, 2005, filme brasileiro de Bruno Barreto, com Luana Piovani e Marco Ricca, baseado na tragédia Romeu e Julieta.
·         Como Gostais (br) / Como Vos Agradar (pt), 1936, de Paul Czinner, com Laurence Olivier






Letra D
·         Dez Coisas que Eu Odeio em Você (br) / Dez Coisas que Odeio em Ti (pt), 1999, de Gil Junger, com Julia Stiles, baseado na comédia A Megera Domada















Letra E
Ela É o Cara (br) / Ela É... Ele (pt), 2006, de Andy Fickman, baseado na comédia Noite de Reis













Letra H
·         Hamlet, 1948, de Laurence Olivier, baseado na tragédia Hamlet
·         Hamlet, 1964, de Bill Colleran e John Gielgud, com Richard Burton
·         Hamlet, 1969, de Tony Richardson
·         Hamlet, 1990, de Franco Zeffirelli, com Mel Gibson e Glenn Close
·         Hamlet, 1996, de Kenneth Branagh, com Branagh, Julie Christie e Kate Winslet
·         Hamlet, 2000, de Michael Almereyda, com Ethan Hawke e Julia Stiles
·         A Herança, 1970, de Ozualdo Candeias, baseado em Hamlet
·         Homens de Respeito, 1991, de William Reilly, com John Turturro, baseado na tragédia Macbeth












Letra J
·         Jogo de Intrigas (br) / O (pt), 2001, de Tim Blake Nelson, com Julia Stiles, baseado na tragédia Otelo, o Mouro de Veneza
·         Júlio César, 1950, de David Bradley, com Charlton Heston, baseado na tragédia Júlio César
·         Júlio César, 1953, de Joseph L. Mankiewicz, com Marlon Brando
·         Júlio César, 1970, de Stuart Burge, com John Gielgud e Jason Robards

Letra M
·         Macbeth, 1948, de Orson Welles, baseado na tragédia Macbeth
·         Macbeth, 1971, de Roman Polanski, com Jon Finch
·         Macbeth, 2015, de Justin Kurzel, com Michael Fassbender e Marion Cotillard
·         Maré, Nossa História de Amor, 2008, de Lúcia Murat, baseado em Romeu e Julieta
·         A Megera Domada, 1967, de Franco Zeffirelli, com Elizabeth Taylor e Richard Burton, baseado na comédia A Megera Domada
·         A Megera Domada, 2005, de David Richards
·         O Mercador de Veneza, 1973, de John Sichel, com Laurence Olivier, baseado na comédia O Mercador de Veneza
·         O Mercador de Veneza, 2004, de Michael Radford, com Jeremy Irons e Al Pacino
·         Muito Barulho por Nada, 1993, de Kenneth Branagh, com Emma Thompson e Keanu Reeves, baseado na comédiaMuito Barulho por Nada

(Fonte:Wikipédia)









Por hoje para por aqui, na próxima postagem eu trago o restante da lista dos filmes baseados nas suas obras.

E aí, você já assistiu algum desses filmes? Qual? Conta aí nos comentários.

Até mais

Bjus


Postado por: Thatyane Alvarenga.