Resenha do livro: Entre Dois Mundos de Lígia Gama Miraglia

Oi pessoal, tudo bem com vcs?

Hoje farei a resenha do livro "Entre Dois Mundos" da autora brasileira Lígia Gama Miraglia. Este livro foi um dos livros que troquei na maratona literária #eusoudoideira porque o meu note tinha dado problema e não deu para ler o e-book que tinha escolhido para a maratona e como ele tava parado a algum tempo resolvi lê-lo e agora farei a resenha do mesmo. Mas antes, a sinopse do livro....

Sinopse do livroAlicia Martelli nunca mais seria uma pessoa normal depois de ter fugido da morte. Sua vida que antes era calma e sem nenhum imprevisto, hoje mais parece com uma tragédia grega. Raul, o seu melhor amigo, está ao seu lado lhe confortando de todas as lembranças ruins que a perseguem, mas, ele não a livrará do descontrole e da beira da loucura, já que Alicia descobre um mundo paralelo para o qual deve algo. E Noah, o anjo da morte, faz de tudo para que ela não se esqueça dessa dívida. Será que esse seria o seu fim? Estaria ela predestinada a ser uma maluca em mais um dos corredores dos hospitais psiquiátricos ou a ter seu nome estampado em uma lápide? ( Fonte: Skoob)





Resenhando o livro....


Quando li a sinopse do livro eu pensei "uau, deve ser um livro com uma forte temática sobrenatural com um fundo de romance nascendo entre amigos", bem, foi isso que eu pensei e minha expectativa sobre esse livro foi exatamente isso, porém, o livro toma uma direção contrária, pois na verdade ele é focado no romance dos amigos Alicia e Raul, com alguns toques meio hots no relacionamento deles e a parte sobrenatural sugerida na sinopse é pouco lembrada e quase não se percebe.



A historia de Alicia e Raul é bem legal, o romance deles, as amigas dela são ótimas e bem divertidas, o livro em si é leve e tem alguns breves momentos de suspense ou toque sobrenatural trazido junto com o misterioso Noah, o anjo da morte. A historia começa com uma tragédia, a morte de seu irmão caçula e com a Alicia mais de 40 dias internada em coma. A partir daí ela começa a ver homens vestidos de preto e um em particular pode conversar com ela - que neste caso é o Noah  - que tem planos que a envolvem que no decorrer do livro é explicado.

Mas o foco principal do livro, na minha opinião foi o desenvolvimento do romance de Alicia e Raul, e a autora deixou muito de lado a historia do sobrenatural, que na sinopse chama a atenção e a premissa é muito boa. O livro acaba no ápice do momento de descobrir o que realmente acontecerá a ela e o que o Noah realmente quer, e isso me frustrou bastante, pois na hora que penso que vai melhorar e focar mais na parte sobrenatural o livro simplesmente acaba com um questionamento da protagonista acerca do seu futuro.


Outro ponto relevante do livro é que ele não possui nenhum tipo de divisão, seja por capítulos ou por partes, o que pode ajudar a agilizar a leitura de certo ponto, mas ao mesmo tempo deixar confuso quem tem que parar de ler o livro no meio e se perder na leitura.



O que achei do livro...

Eu até gostei do livro, achei legal o romance dos amigos, as amigas dela, porém, não gostei do fato de não ter divisão, de não focar no lado sobrenatural e de acabar sem acabar. Infelizmente, não gostei do livro a ponto de recomendar a leitura dele, mas espero que tenha uma continuação para explicar melhor todo o misterio levantado no livro.

Tomará que tenham gostado da resenha e se já leram digam o que acharam do livro.


Comentem e voltem sempre ao blog.

Bjus bjus

Assinado por: Thatyane Alvarenga

3 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, fiquei interessada, por ser um nacional e ultimamente eu estou lendo vários nacionais oo/ kkkk Bom, eu também fiquei achando que o livro trataria de algo sobrenatural, fiquei decepcionada ao ver que ele foca mais o romances do amigos e tals :c
    Enfim, eu gostei da resenha, mas não leria esse livro :C

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaty!
    Quando eu li fiquei com a mesma impressão com você. Achei o relacionamento de Alicia e Raul morno e odiei aquelas aparições nojentas do Noah. Onde já se viu um anjo 'mesmo que da morte' ter desejos carnais. Ai, me deu um pouco de raiva, sabe? Quanto a não ter terminado o livro eu até entendo, é pra nos fazer ler a sequência, infelizmente isso não foi o bastante pra mim. A premissa era boa, mas a autora se perdeu :/

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaty...
    É, realmente a resenha nos dá a entender que o sobrenatural irá se sobressair na história! Mas pelo que você contou na resenha, a autora se dedicou em outros detalhes.
    Eu não conhecia nada sobre o livro, mas já tinha ouvido falar. Agora fiquei ao mesmo tempo curiosa e ao mesmo tempo com o pé atrás... Provavelmente, irei pular essa leitura, sauashaushasuhas!

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir